Arquivo de content marketing - Elsa Fernandes
216
archive,category,category-content-marketing,category-216,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-3.3,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

Escrever mais e melhor conteúdo: Pesquise, pesquise, pesquise

Pesquisar corretamente é fundamental para escrever bons conteúdos.

 

É a pesquisa que nos permite conhecer melhor a nossa audiência e oferecer-lhe o conteúdo certo. É a pesquisa que nos dá informação sobre as melhores palavras-chave a trabalhar. É ainda a pesquisa que nos ajuda a aprofundar o tema e a criar conteúdo que não repita simplesmente o que já existe.

 

Ao longo do tempo tenho vindo a tentar melhorar a forma como pesquiso. Partilho consigo algumas técnicas que me têm ajudado:

 

→ Depois de uma primeira leitura sobre o tema, faço uma lista de perguntas a que pretendo responder. Estes pontos ajudam-me a não gastar tempo com aspetos menos importantes.

 

→ Procuro interessar-me genuinamente pelo assunto e aprender sobre ele em vez de limitar-me a recolher e reproduzir informação. A escrita torna-se mais fácil e o resultado é também melhor.

 

→ No dia a dia, tento estar em ‘modo de pesquisa’ em vez de consumir simplesmente informação. Desta forma, tenho mais ideias e sinto-me mais criativa.

 

Tem uma técnica de pesquisa que não dispensa? Partilhe comigo nos comentários.

 

[ 52 ideias para escrever mais e melhor conteúdo é uma rubrica semanal de Elsa Fernandes que reúne pequenas notas e conselhos para copywriters e outros produtores de conteúdos ]

 

[ veja todos os posts já publicados ]  

Escrever mais e melhor conteúdo: Mantenha um ‘swipe file’

Já lhe aconteceu ler um artigo, ouvir um anúncio ou mesmo cruzar-se com um post no Facebook de uma marca que estão tão bem escritos que lhe apetece guardá-los?

 

Um swipe file serve precisamente para isso: para recolher ideias e bons exemplos de escrita que mais tarde poderão servir de inspiração.

 

E aqui cabe quase todo o tipo de conteúdo. Pode ser um anúncio, mas também uma página ‘sobre nós’, uma newsletter, o texto de uma brochura, o primeiro parágrafo de um livro…

 

Quero sublinhar que o objetivo nunca é copiar o trabalho de outros criadores de conteúdo, mas sim aprender e melhorar a nossa escrita, analisando a forma como escrevem e as técnicas que aplicam.

 

Confesso que não sou ótima a manter o meu swipe file organizado e tenho ficheiros guardados um pouco por todo o lado, pelo que se houver sugestões de organização são muito bem-vindas 🙂

 

[ 52 ideias para escrever mais e melhor conteúdo é uma rubrica semanal de Elsa Fernandes que reúne pequenas notas e conselhos para copywriters e outros produtores de conteúdos ]

 

[ veja todos os posts já publicados ]  

Escrever mais e melhor conteúdo: Crie uma rotina de escrita

Ouvir música. Procurar um local em que o ruído de fundo crie a sensação de companhia. Ter um horário fixo para escrever.

 

Quase todos os escritores têm pequenos rituais que os ajudam a ser mais produtivos.

 

E, embora este conceito surja muito associado à escrita de livros, acredito que pode ser útil para quem produz outros tipos de conteúdo. Tal como acontece com os escritores, a ideia é termos uma rotina que gere um ambiente propício à escrita e facilite o trabalho.

 

A minha rotina é muito simples: como gosto de escrever em silêncio e sem distrações, fecho todas as janelas do browser que não tenham informação necessária para o texto. Abro ao meu lado o caderno onde tomo notas e coloco o editor de texto a ocupar o ecrã inteiro. A partir daí, sei que tenho de começar a escrever 🙂

 

Se, tal como eu, gosta de aprender com a forma como os outros trabalham, espreite o site Writing Routines. Todas as semanas publicam uma entrevista com um escritor em que exploram os seus hábitos e rotinas de escrita. Há muitas entrevistas com escritores de ficção, mas encontra também autores como Daniel Pink, Shane Snow, Ryan Holiday ou Mark Manson.

 

Como é no seu caso? Tem uma rotina de escrita? Gostaria de imenso de conhecer (e aprender com) as suas técnicas de concentração e produtividade.

 

 

[ 52 ideias para escrever mais e melhor conteúdo é uma rubrica semanal de Elsa Fernandes que reúne pequenas notas e conselhos para copywriters e outros produtores de conteúdos ]

 

[ veja todos os posts já publicados ]  

Escrever mais e melhor conteúdo: Defina os seus próprios prazos

Num mundo ideal teríamos todo o tempo necessário para pesquisar, escrever e editar os nossos textos. Na realidade, acabamos por trabalhar quase sempre com prazos apertados.  

 

Para não correr o risco de falhar na data de entrega de um texto, defina sempre dois prazos para cada trabalho: a data acordada com o cliente e a ‘sua’ data, que poderão ter, por exemplo, um dia de intervalo.  

 

Planeie e organize o trabalho para terminar na ‘sua’ data e use o tempo extra para pedir a um colega que leia o seu texto ou para fazer uma última revisão. Se surgir algum elemento inesperado tem uma margem de segurança para cumprir o prazo.  

 

Esta ideia vale para quando escrevemos para terceiros, mas também é útil para garantir que produzimos conteúdos para a nossa marca ou projeto. Imponha prazos (realistas!) a si mesmo e conseguirá escrever muito mais.  

 

E desse lado, como é a sua relação com os prazos?  

 

[ 52 ideias para escrever mais e melhor conteúdo é uma rubrica semanal de Elsa Fernandes que reúne pequenas notas e conselhos para copywriters e outros produtores de conteúdos ]  

 

[ veja todos os posts já publicados ]  

Escrever mais e melhor conteúdo: Leia (muito)

Se existe um segredo para escrever mais e melhor, diria que é, a par de escrever de forma regular, ler muito.

 

Ler ajuda a tornar a escrita mais fácil, mais rápida e de melhor qualidade. Leia livros técnicos, mas também literatura. Leia blogues, jornais e revistas, publicidade até (aprende-se muito a ler boa publicidade!).

 

O escritor Mário de Carvalho no livro Quem disser o contrário é porque tem razão (um guia prático para a escrita de ficção, mas com boas lições para quem produz conteúdos) escreve o seguinte:

 

“Leia muito, leia por gosto, leia por curiosidade, leia por desfastio, leia por obrigação, leia por indignação, mas leia, leia, leia de tudo, sem preconceitos nem reservas.”

 

Não podia concordar mais. E desse lado?  

 

[ 52 ideias para escrever mais e melhor conteúdo é uma rubrica semanal de Elsa Fernandes que reúne pequenas notas e conselhos para copywriters e outros produtores de conteúdos ]

 

[ veja todos os posts já publicados ]    

Escrever mais e melhor conteúdo: Comece agora

Começo hoje uma série de pequenos textos com ideias para escrever mais e melhor conteúdo. O desafio é reunir 52 ideias, uma por semana, até ao final de 2019. Espero conseguir e, sobretudo, espero que vos sejam úteis!

A primeira ideia é simples: não espere por inspiração ou pelo momento certo para começar a escrever. Agora é o momento certo.

Pessoalmente, levo esta máxima muito a sério e resulta comigo. Se tenho um texto para preparar, mesmo que não me apeteça escrever, começo a trabalhar. Não me preocupo se o resultado não for imediatamente o ideal, só em avançar. Em pouco tempo, a falta de vontade dá lugar ao entusiasmo e o texto ganha forma.

Este conselho vale tanto para o conteúdo que precisamos (ou queremos) escrever, como para o blogue, podcast, site, newsletter ou livro que gostaríamos de lançar, mas adiamos sempre.

Comece agora!

 

[ 52 ideias para escrever mais e melhor conteúdo é uma rubrica semanal de Elsa Fernandes que reúne pequenas notas e conselhos para copywriters e outros produtores de conteúdos ]


[ veja todos os posts já publicados ]  

 

Bancos de imagem gratuitos: 72 sites com imagens grátis

Bancos de imagens gratuitos: 72 sites com imagens grátis

Uma das dúvidas mais comuns entre quem produz conteúdos é onde encontrar boas imagens gratuitas para ilustrar artigos num blogue ou posts nas redes sociais. O ideal seria usar imagens originais para criar este tipo de conteúdos. No entanto, nem sempre é possível fazê-lo, seja por falta de tempo, de orçamento ou de conhecimentos para fazer boas fotografias. Por isso, desde que faça sentido usar fotos de terceiros (neste post explico porque não recomendo que o faça na página ‘sobre nós’ do seu site), os bancos de imagens gratuitos são uma excelente ajuda.

 

Felizmente, hoje não faltam opções de bancos de imagens. A prová-lo, fica uma lista com 72 sites onde encontra fotografias grátis. Tal como eu, provavelmente já tem parte destes endereços nos seus favoritos, mas acredito que encontrará também boas alternativas para diversificar a sua escolha e o ajudar a fugir das imagens mais óbvias.

 

Lembre-se que deve procurar fotografias disponíveis para uso comercial e respeitar sempre as indicações dos autores relativamente à atribuição dos créditos das imagens.

 

Os sites marcados com um asterisco são os meus preferidos e a que recorro praticamente todos os dias.

Procura imagens gratuitas para ilustrar artigos de um blogue ou posts nas redes sociais? Esta lista de 72 bancos de imagens gratuitos é para si. Click To Tweet

 

Read More

Web Summit: cinco conferências para quem trabalha com conteúdos

De 6 a 9 de novembro, a Web Summit regressou a Portugal e reuniu em Lisboa mais de 60 000 pessoas. Tive, mais uma vez, o privilégio de poder participar e o balanço é muito positivo.

 

Esta semana, ainda no rescaldo destes quatro dias intensos de contactos e aprendizagem, estou a organizar toda a informação que recolhi e aproveito para partilhar cinco das conferências a que assisti e que considero importantes para quem trabalha com conteúdos.

 

Read More

Como conseguir 450 k de visualizações num post no LinkedIn

Como consegui 450k de visualizações em menos de 10 dias num post no LinkedIn

O meu post no LinkedIn – 10 erros de português que acabam com a sua credibilidade – ultrapassou ontem as
450 000 visualizações.

 

Listo alguns números, não para me exibir, mas porque são realmente impressionantes (e inspiradores!):

 

  • Mais de 450 000 visualizações em menos de 10 dias,
  • Mais de 4000 likes,
  • Mais de 200 comentários,
  • Mais de 400 pedidos de ligação no seguimento do post,
  • 500 novos seguidores no meu perfil LinkedIn,
  • Mais de 500 novos likes na minha página de Facebook,
  • Mais de 15 000 pessoas impactadas no Facebook.

 

Tudo isto apenas com recurso a palavras e sem gastar um cêntimo.

 

Como consegui estes resultados?

Read More